Adjutorium:FAQ

De Adjutorium

Edição feita às 19h50min de 1 de outubro de 2020 por AdminScire (disc | contribs)
(dif) ← Versão anterior | ver versão atual (dif) | Versão posterior → (dif)

Tabela de conteúdo


Login

Primeira Vez?

  1. Acione o link Login no canto superior direito da tela de entrada do ATRIO.
  2. Acione o link ´Primeira vez? Esqueceu sua senha?´.
  3. Preencha os dados solicitados e acione o botão "Segue". Esses dados serão verificados junto à BaseATRIO.
  4. Caso seus dados sejam identificados com sucesso, serão solicitados Usuário, Senha e Confirmação da Senha, para sua identificação nos seus próximos logins.
  5. Tanto no nome de usuário como na senha, deve ser evitado o uso de acentuação. Evite também utilizar maiúsculas e minúsculas conjuntamente.
  6. Acione o botão Concluir.
  7. O acesso ao ATRIO já estará disponível de acordo com seu Perfil de Acesso.
  8. Caso seus dados não sejam identificados, por favor, dirija-se à Secretaria do Programa.

Esqueceu sua senha?

Adote procedimento análogo à Primeira Vez?

Mensagem: Nome de usuário e senha incorretos

O nome de usuário e a senha devem ser informados no login exatamente como foram informados no processo de Cadastramento de Usuários, inclusive no que diz respeito a letras maiúsculas e minúsculas.

Como fazer Login no ATRIO?

  1. Acione o link Login no canto superior direito da tela de entrada do ATRIO.
  2. Informe Usuário e Senha.
  3. Acione o botão "Entrar".

Como alterar o nome de usuário?

  1. Faça Login no ATRIO.
  2. Acione a função Meus Dados no canto superior direito da tela de entrada do ATRIO.
  3. Na tela Dados Básicos, altere o conteúdo do atributo Nome de usuário;
  4. Acione o botão "Alterar"

Como alterar a senha?

  1. Faça Login no ATRIO.
  2. Acione a função Meus Dados no canto superior direito da tela de entrada do ATRIO.
  3. Na tela Dados Básicos, altere o conteúdo dos atributos Nova senha e Confirmação nova senha;
  4. Acione o botão "Alterar"

Como registrar os funcionários da Secretaria como usuários do ATRIO?

  1. Entre no ATRIO com direitos de Coordenação/Secretaria;
  2. Em Corpo Social, recupere a pessoa desejada;
  3. Selecione Perfis de Acesso / Incluir;
  4. Selecione: Perfil = Secretaria do Programa, Situação = Ativo;
  5. Pressione o botão Incluir [na parte superior do formulário];
  6. Selecione Dados Básicos / Editar;
  7. Registre Nome de Usuário e Senha [a senha poderá ser mudada pelo usuário] e pressione o botão Alterar;
  8. Informe o Nome de Usuário / Senha ao funcionário.

Como registrar a mudança do Coordenador do Programa?

  1. Entre no ATRIO com direitos de Coordenação/Secretaria;
  2. Em Corpo Social, recupere o nome do novo Coordenador;
  3. Selecione Perfis de Acesso / Incluir;
  4. Selecione: Perfil = Coordenação do Programa, Início = data início da validade do Perfil, Situação = Ativo;
  5. Pressione o botão Incluir [na parte superior do formulário];
  6. Em Corpo Social, recupere o nome do antigo Coordenador;
  7. Selecione Perfis de Acesso / Editar;
  8. Selecione: Perfil = Coordenação do Programa, Fim = data fim da validade do Perfil, Situação = Desativado;
  9. Pressione o botão Incluir [na parte superior do formulário].

^ Topo

Corpo Social

Como cadastrar pessoas na BaseATRIO?

O cadastramento de pessoas (docentes, discentes e outros) é feita exclusivamente por usuários com direitos de Coordenação ou de Secretaria.

  • efetuar o login no ATRIO;
  • selecionar Corpo Social / Caracterização;
  • verificar se a pessoa já é cadastrada na BaseATRIO, selecionando Corpo Social / Caracterização / Buscar e efetuando a busca pelo nome;
  • para cadastrar a pessoa na BaseATRIO, selecionar Corpo Social / Caracterização / Incluir;
  • preencher os campos.

Como preencher 'Tipo Vínculo' em Vínculo na IES?

  • Para alunos que devem constar no Acompanhamento Discente, a vinculação deve ser com um dos Cursos do Programa.
  • Para professores e técnicos, quando servidores, a recomendação é vincular à Instituição.
  • Nos demais casos, dependendo de cada situação específica, o vínculo será à Instituição ou ao Programa.

Como preencher 'Matrícula' em Vínculo na IES?

  • Sistema de Gestão Acadêmica: sistema de registro de matrícula de discentes e de informações relativas às suas atividades letivas. Designações usuais: SGA, SIGA, SRA etc...
  • Sistema de Gestão de Pessoal: sistema de registro de matrícula de funcionários docentes e técnico-administrativos e de informações funcionais e trabalhistas. Designações usuais: SGP, SRH, SRHu etc..

Como caracterizar uma pessoa como 'aluno' do Programa?

Uma pessoa é identificada como 'aluno' do Programa se, em Vínculos com a IES, constar:

  • Instância: associação a um dos Cursos do Programa.
  • Tipo Vínculo = Aluno Regular, Aluno Especial, Aluno Avulso.

Como caracterizar uma pessoa como 'aluno de graduação' da IES?

Alunos de graduação são referidos no ATRIO apenas quando forem da IES do Programa e participarem de atividades deste. Via de regra, esta participação ocorre sob a orientação de um docente do Programa.

  • Em Vínculos com a IES, registrar a pessoa como 'aluno da IES' do Programa:
    • Instância = IES do Programa.
    • Tipo Vínculo = Aluno Regular, Aluno Especial, Aluno Avulso.
  • Em Corpo Social/Acompanhamento Docência, identificar o docente-orientador do aluno;
  • Em Orientações, incluir:
    • Identificar a pessoa;
    • Nível = Graduação da IES;
    • Completar as informações.

Como Proceder a Mudança de Curso de um aluno do Programa?

A Mudança de Curso, também chamada Mudança de Nível, é caracterizada mediante alteração do Vínculo na IES de um aluno do Programa. Na função Corpo Social:

  • Caracterização - selecionar o aluno.
  • Caracterização / Vínculos na IES - alterar a sua situação no curso anterior.
  • Caracterização / Vínculos na IES - incluir o novo curso, registrando o Tipo de Vínculo e a Situação.
  • Acompanhamento Discente / Opções Curriculares - incluir a Opção Curricular relativa ao novo curso.
  • Acompanhamento Discente / Orientadores - se for o caso, alterar e incluir dados sobre os Orientadores.
  • Acompanhamento Discente / Bolsas - se for o caso, alterar e incluir dados sobre as bolsas concedidas.
  • Acompanhamento Discente / Disciplinas - alterar o Curso/Nível das disciplinas que devem ser consideradas para atendimento da Opção Curricular do novo curso; alternativamente:
  • Acompanhamento Discente / Outros Créditos - registrar total de créditos e carga horária de disciplinas já cursadas a serem consideradas para atendimento da Opção Curricular do novo curso.
  • Acompanhamento Discente / Requisitos - se for o caso, incluir novos requisitos para atendimento da Opção Curricular do novo curso.


Veja também: Corpo Social:Caracterização

^ Topo

Corpo Social: Acompanhamento Discente

Como caracterizar a 'Situação' do Aluno?

Em Corpo Social:Caracterização: Vínculos com a IES:

  • Situação = Ativo: pessoa que esteja matriculada como aluno, em situação regular relativamente às atividades correntes do seu Curso.
  • Situação = Concluído: aluno que tenha concluído o curso com defesa bem sucedida de dissertação ou tese.
  • Situação = Trancado: aluno cuja matrícula no curso esteja suspensa a seu pedido.
  • Situação = Cancelado: aluno cuja matrícula no curso tenha sido cancelada, por qualquer motivo exceto conclusão com defesa bem sucedida.
  • Situação = Inativo: aluno cuja matrícula no curso continua válida mas que, por qualquer motivo, não esteja desempenhando regularmente atividades correntes no seu Curso; casos de afastamento temporário à critério da Coordenação/Instituição.

Como caracterizar a 'Situação' da Bolsa?

Em Acompanhamento Discente: Bolsas:

  • Situação = Cancelada: bolsa definitivamente retirada do discente por desempenho insuficiente, abandono etc...
  • Situação = Suspensa : bolsa temporariamente retirada do discente a critério da Coordenação.

Obs: na exportação de dados para a ColetaCAPES, o aluno é considerado bolsista se tiver bolsa concedida/vigente em qualquer fração do período 01/01 a 31/12 do AnoBase.

Como caracterizar a 'Modalidade' da Bolsa?

Em Em Acompanhamento Discente: Bolsas:

  • A Modalidade refere-se ao programa de bolsas da instituição financiadora ou agência de fomento.
  • Esta informação NÃO é exportada para a ColetaCAPES.
  • Na ColetaCAPES, quando das agências de fomento, a informação sobre o financiador já indica o programa de bolsa [CAPES-DS, por exemplo].

^ Topo

Áreas de Concentração

Traduções: Como registrar traduções das Áreas de Concentração?

  • Selecionar Programa / Áreas de Concentração.
  • Selecionar Área de Concentração / Tradução.
  • Preencher os campos exibidos com conteúdos nos idiomas desejados.

No SOMOS, estes conteúdos são exibidos integralmente em todas as opções de idioma [português, inglês e espanhol].

^ Topo

Linhas de Pesquisa

Como associar uma Pessoa a uma Linha de Pesquisa?

A Linha de Pesquisa é uma definição de interesse temático relativamente às atividades de pesquisa do Programa. Cada Pessoa pode ser associada a uma ou várias Linhas de Pesquisa do Programa. Para tanto:

  • Selecionar Corpo Social / Caracterização / Buscar Pessoa.
  • Selecionar Linha de Pesquisa / Incluir.
  • Selecionar a Linha de Pesquisa e preencher os campos exibidos.
  • Observar que: as Data Início, Data Fim e Situação referem-se às atividades da Pessoa relacionadas à Linha de Pesquisa.
  • A associação desta Pessoa à Linha de Pesquisa selecionada é exibida no SOMOS.

Traduções: Como registrar traduções das Linhas de Pesquisa?

  • Selecionar Programa / Linhas de Pesquisa.
  • Selecionar Linha de Pesquisa / Tradução.
  • Preencher os campos exibidos com conteúdos nos idiomas desejados.

No SOMOS, estes conteúdos são exibidos integralmente em todas as opções de idioma [português, inglês e espanhol].

^ Topo

Disciplinas

Como registrar o nível de disciplinas que são ministradas tanto para o Mestrado quanto para o Doutorado?

Na concepção do ATRIO, o nível da disciplina corresponde ao seu conteúdo e não à possibilidade de que seja válida para o curso de mestrado ou de doutorado. Em outras palavras, mestrado/doutorado é o âmbito da "validade" da disciplina e não o seu "nível".

O nível da disciplina reflete e indica o grau de dificuldade conceitual ou metodológica que encerra e o conhecimento pressuposto dos alunos. Sendo assim, uma disciplina tem o nível 'doutorado' em função do seu conteúdo, ainda que possa ser cursada por alunos do mestrado, com créditos computados para satisfação de seus requisitos curriculares. Da mesma forma, uma disciplina tem o nível 'mestrado' independentemente de poder ser cursada por alunos de doutorado, também para efeitos de atendimento a requisitos curriculares.

Portanto, a disciplina deve ser registrada uma única vez, com o nível "Doutorado".

Como programar a função "Inscrição em Disciplinas"?

O acesso a esta função está disponível exclusivamente para usuários com Perfil de Coordenação ou de Secretaria do Programa:

  • Selecionar Atividades / Disciplinas:Turmas / Inscrição em Disciplinas / Programação / Editar.
  • Selecionar o Período Letivo, registrar Início (data e hora) e Fim (data e hora) do Período de Inscrição.
  • Para exibição do acesso à função "Inscrição em Disciplina" no Módulo "Acompanhamento Discente", registrar Habilitado = sim.

Obs.: mesmo habilidata a exibição, o acesso à função será permitida apenas no período registrado.

Como utilizar a função "Inscrição em Disciplinas"?

O acesso a esta função está disponível para usuários com Perfil de Coordenação, de Secretaria ou de Discente do Programa:

  • Selecionar Corpo Social / Acompanhamento Discente.
  • Mediante busca, selecionar o aluno de interesse.
  • Selecionar Inscrição em Disciplinas.
  • Mediante busca, acionar a exibição de todas as Disciplinas:Turmas oferecidas no Período ou selecionar uma Disciplina:Turma de interesse.
  • Selecionar as Disciplinas:Turmas desejadas.
  • Acionar o botão "Inscrever".

Como registrar as notas dos alunos de uma Turma de Disciplina?

O acesso a esta função está disponível exclusivamente para usuários com Perfil de Coordenação, de Secretaria ou de Docente do Programa.

  • Selecionar Atividades / Disciplinas: Turmas.
  • Selecionar o período letivo e, mediante especificação dos critérios de busca, selecionar a Turma da Disciplina de interesse.
  • Selecionar Alunos.
  • Para cada aluno, selecionar "Editar" ou "Registrar aproveitamento" [na coluna Ações, primeiro e terceiro ícones, respectivamente].
  • Registrar dados Frequência / Nota / Situação (obrigatório) / Comentários
  • Acionar o botão "Alterar".

^ Topo

Opções Curriculares

O que é uma Opção Curricular?

Cada um dos Cursos oferecidos pelo Programa pode ser associado a várias Áreas de Concentração. Via de regra, ao aluno de um Curso que optar por uma Área de Concentração é imposta a obrigatoriedade de cursar um certo conjunto de disciplinas.

Uma Opção Curricular de um Curso do Programa é definida por este conjunto de disciplinas obrigatórias, seus respectivos créditos ou carga horária e o número total de créditos ou a carga horária total do Curso.

Em consequência, uma disciplina obrigatória no contexto de uma certa Opção Curricular é considerada optativa no contexto das demais Opções Curriculares dos Cursos do Programa. Portanto, torna-se desnecessário caracterizá-la como tal.

O conceito de Opção Curricular pode ser utilizado nas situações em que, em decorrência de reforma curricular, diferentes conjuntos de disciplinas obrigatórias devem ser cursadas pelos antigos e novos alunos do Programa. Em geral, a antiga estrutura curricular persiste, superpondo-se à nova, enquanto esses antigos alunos não concluirem os seus cursos.

Como registrar uma Opção Curricular?

  • Programa / Opções Curriculares / Incluir
  • Registrar:
    • Curso/Nível [opção entre aqueles oferecidos pelo Programa]
    • Referência: qualquer especificação identificadora da Opção Curricular
    • Área de Concentração [opção entre aqueles definidas pelo Programa]
    • Data Início (obrigatória)
    • Data Fim (opcional)
    • Situação [ativa / desativada]
    • Número total de créditos e carga horária total em disciplinas obrigatórias
    • Número total de créditos e carga horária total para conclusão do Curso
    • Incluir
  • Programa / Opções Curriculares / Disciplinas
  • Registrar, mediante Busca
  • Programa / Opções Curriculares / Alunos
  • Registrar, mediante Busca
  • Programa / Opções Curriculares / Anexar arquivo
  • Se desejado, anexar arquivo com texto explicativo e outras instruções
  • Programa / Opções Curriculares / Tradução
  • Se desejado, registrar traduções para em outros idiomas

^ Topo

Projetos

Como registrar o Responsável por um Projeto?

  1. Projetos podem ser incluídos na BaseATRIO por pessoas com Perfil de Acesso Docente e Perfil de Acesso Coordenação/Secretaria.
  2. A pessoa que inclui um Projeto é automaticamente caracterizada como o seu Responsável.
  3. Para um Projeto podem ser registrados vários Responsáveis.
  4. A inclusão de um pessoa na Equipe do Projeto é feita mediante uma Busca.
  5. Para tanto, selecionar Atividades / Projetos / Equipe / Incluir.
  6. Selecionada a pessoa a ser incluída na Equipe do Projeto, identificar os Responsáveis acionando o respectivo campo.
  7. Apenas Responsáveis pelo Projeto podem incluir / excluir outros Responsáveis.
  8. Se a inclusão é feita pela Coordenação/Secretaria, este usuário deve se excluir da Equipe do Projeto, se for o caso.
  9. Para cada integrante da Equipe do Projeto é obrigatório o registro de uma Data Início de sua participação do Projeto.
  10. No caso dos Responsáveis pelo Projeto, é também obrigatório o registro de uma Data Início desta condição.
  11. Em ambas as situações, pode ser registrada uma Data Fim da participação no Projeto e da condição de Responsável.

Veja também: Atividades:Projetos

^ Topo

Trabalhos de Conclusão

Como anexar arquivo com a íntegra de Trabalho de Conclusão já registrado na BaseATRIO?

A íntegra de Trabalhos de Conclusão pode ser incluída na BaseATRIO por pessoa com Perfil de Acesso Coordenação/Secretaria ou com Perfil de Acesso Docente, desde que seja Orientador do Trabalho, já registrado como tal. O procedimento abaixo descrito também deve ser seguido para o caso de substituição de arquivo já anteriormente anexado.

  1. Selecionar Resultados / Trabalho de Conclusão.
  2. Buscar o registro do Trabalho de Conclusão utilizando um ou vários dos campos de busca apresentados.
  3. Identificado o Trabalho de Conclusão de interesse, clicar sobre o seu Título.
  4. Clicar sobre a opção "Anexar Arquivo" na barra de menu à esquerda.
  5. Clicar sobre o botão "Editar".
    • Clicar sobre o botão "Browse" para acionar a função de busca do arquivo a ser anexado, que deve estar disponível em algum endereço acessível.
    • Indicar se é concedido "Acesso Público", caso em que, no SOMOS, o arquivo é posto disponível para recuperação.
    • Registrar algum "Comentário", se necessário.

Veja também: Resultados:Trabalhos de Conclusão

Ferramentas: Coleta CAPES

Como será a transferência de dados para a Plataforma Sucupira?

Estamos prontos para proceder à implantação da correspondente função de exportação de dados tão logo a CAPES divulgue suas especificações técnicas. Observamos, ainda, que a Plataforma Sucupira ainda encontra-se numa versão BETA, experimental.

Veja: SoluçãoATRIO & Plataforma Sucupira: aspectos comparativos

Veja: Coleta CAPES

Como se dá a exportação para o Aplicativo Coleta CAPES?

Veja: Coleta CAPES:Exportação da BaseATRIO para aplicativo Coleta CAPES

Qual a correspondência entre informações constantes na BaseATRIO e as requeridas pelo aplicativo Coleta CAPES?

Veja: Coleta CAPES X BaseATRIO

Por que a exportação para o Aplicativo Coleta CAPES não contém informações sobre a "Proposta do Programa"?

As informações referentes à "Proposta do Programa" são textuais, não são dados. Elas não são utilizadas para a administração do Programa nem para acompanhamento das atividades de seus docentes e discentes, sendo apenas complementarmente atualizadas, a cada ano. Por estas razões, estas informações não são registradas na BaseATRIO. Ao final do registro de dados na BaseATRIO e após a sua exportação para a ColetaCAPES, os textos da Proposta do Programa devem ser atualizados no Aplicativo ColetaCAPES.

Como proceder para atualizar as informações relativas à "Proposta do Programa"?

O processo de importação de dados da BaseATRIO no Aplicativo ColetaCAPES SOBREPÕE conteúdos já registrados na base de dados desse Aplicativo. Portanto, o procedimento mais seguro é atualizar as informações relativas à "Proposta do Programa" após a exportação dos demais dados da BaseATRIO para o Aplicativo ColetaCAPES. Como procedimento alternativo:

  1. proceder às alterações dessas informações no Aplicativo ColetaCAPES;
  2. gerar o arquivo "Cópia de Segurança" no Aplicativo ColetaCAPES;
  3. anexar este arquivo ao ATRIO utilizando a função Ferramentas / Coleta CAPES / Anexar Arquivo;
  4. verificar os dados utilizando a função Ferramentas / Colata CAPES / Erros e Avisos;
  5. gerar o arquivo de exportação utilizando a função Ferramentas / Coleta CAPES/ Exportar;
  6. importar este arquivo no Aplicativo ColetaCAPES.

Como verificar as regras CAPES via a função Erros e Avisos?

Veja: Coleta CAPES:Erros e Avisos

^ Topo

Ferramentas: CV Lattes

Como transferir dados de Produção Intelectual do CVLattes para a BaseAtrio?

Para transferir dados de Produção Intelectual do CVLattes para a BaseATRIO, é necessário:

  1. no CVLattes, solicitar geração do arquivo de exportação de dados de formato .XML;
  2. como este arquivo é entregue ao usuário compactado e encapsulado num arquivo de formato .zip, descompactá-lo num diretório/pasta de livre acesso do usuário;
  3. no ATRIO, submeter o arquivo .XML seguindo as instruções constantes na página ATRIO/Ferramentas/CVLattes/Importar.

Para solicitar o arquivo de exportação do CVLattes,

  1. Realizar login no CVLattes;
  2. Acionar a Funcionalidade Exportar;
  3. Na tela de escolha do tipo de arquivo a ser exportado, selecionar o formato XML;
  4. Seguir as instruções do aplicativo Currículo Lattes;
  5. Salvar o arquivo gerado pelo CVLattes num diretório/pasta de livre acesso do usuário.

ATENÇÃO: no ATRIO,

  1. o procedimento de importação não aceita o arquivo .XML gerado pelo CVLattes a partir da consulta pública a currículos;
  2. se acionado, o procedimento de importação dará, como resposta, a mensagem: "Identificação inválida do titular do currículo Lattes".

Veja mais: CV Lattes/Importação

Como transferir dados de Produção Intelectual da BaseAtrio para o CVLattes?

Veja: CV Lattes/Exportação


Ferramentas: Web of Science

Mensagem: Não foram identificados itens de produção intelectual para os critérios apresentados

  1. Certifique-se que os critérios de busca estabelecidos correspondem a conteúdos existentes no arquivo submetido. Atentar para os Nomes alternativos registrados em cada base. Ver Corpo Social::Caracterização:Referências & Citações
  2. Caso o problema persista, submeta o arquivo em formato .xls.
Para transformar um arquivo .txt em .xls
  • Acionar software de planilha eletrônica e importar o arquivo .txt;
  • Na planilha eletrônica, salvar arquivo em formto xls num diretório de livre escolha.

Programas em Rede

Quais são as particularidades da utilização do ATRIO por Programas em Rede?

Para Programas constituídos como Redes de IES, os respectivos nomes e siglas devem ser encaminhados ao Scire para a configuração inicial da instalação do ATRIO. Em certos módulos do ATRIO, torna-se então possível, mediante procedimentos específicos, identificar a IES no registro das seguintes informações:

Programa: Disciplinas-Elenco; Opções Curriculares, Requisitos;

Corpo Social: Caracterização;

Atividades: Disciplinas-Turmas.

Além destas particularidades, a utilização do ATRIO por Programas em Rede é essencialmente a mesma do seu uso pelos demais Programas de Pós-graduação.

Como caracterizar Docentes e Discentes na BaseAtrio?

  1. Se a pessoa já estiver cadastrada, selecionar o seu nome mediante Corpo Social / Caracterização / Buscar;
  2. Se a pessoa ainda não estiver cadastrada, proceder ao registro mediante Corpo Social / Caracterização / Incluir;
  3. Selecionar Corpo Social / Caracterização / Vínculo na IES / Incluir ou Editar e registrar:
    1. Instância = IES à qual pertence a pessoa;
    2. Tipo vínculo = opção correspondente ao vínculo da pessoa;
    3. Matrícula = "sigla da IES" + número da matrícula.

Mediante este procedimento, podem ser registrados vários "Vínculos na IES" para uma pessoa. Por exemplo, para um discente, o primeiro vínculo pode ser com a IES; o segundo com o Mestrado.

Como registrar Disciplinas-Elenco na BaseAtrio?

  1. Selecionar Programa / Disciplinas:Elenco / Incluir;
  2. No campo Sigla, registrar a sigla da instituição, por exemplo, "IES";
  3. No campo Código Disciplina, iniciar o registro com a sigla da instituição, por exemplo: "IES Disc XXXX".
  4. Observar que, na opção Programa / Disciplinas:Elenco, estes são campos de busca.

Como registrar Opções Curriculares na BaseAtrio?

  1. Selecionar Programa / Opções Curriculares / Incluir;
  2. No campo Referência, iniciar o registro com a sigla da instituição ("IES"), por exemplo: "IES XXXX...".
  3. Observar que, na opção Programa / Opções Curriculares, este é um campo de busca.

Como registrar Disciplinas-Turmas na BaseAtrio?

  1. Selecionar Atividades / Disciplinas:Turmas / Incluir;
  2. No campo Código Turma, iniciar o registro com a sigla da instituição, por exemplo: "IES Disc XXXX".
  3. Observar que, na opção Atividades / Disciplinas:Turmas, este é um campo de busca.

Como registrar Requisitos na BaseAtrio?

  1. Selecionar Programa / Requisitos / Incluir;
  2. No campo Requisito, iniciar o registro com a sigla da instituição ("IES"), por exemplo: "IES XXXX...".
  3. Observar que, na opção Programa / Requisitos, este é um campo de busca.

^ Topo

SOMOS

Como inserir textos nos itens 'Apresentação', 'Coordenação' e 'Admissão' do Menú Superior?

  • Nos itens 'Apresentação', 'Coordenação' e 'Admissão' do Menú Superior podem ser registrados quaisquer textos, a critério da Coordenação.
  • O formato de cada item é de apenas UM artigo [artigo é a designação genérica de um texto registrado no portal].
  • Procedimento:
    • efetuar o login como 'Editor';
    • no Menú Superior, selecionar um dos itens 'Organização', 'Coordenação' ou 'Admissão';
    • clicar sobre o ícone 'Editar Artigo' [imagem de uma página com caneta da cor laranja];
    • inserir ou editar um texto [na primeira vez, eliminar a mensagem já escrita];
    • nas opções constantes na parte inferior, verificar se seção = 'sem categoria'; categoria = 'sem categoria'; publicado = 'sim'; exibir na página inicial = 'sim'.
  • Se o texto for longo ou versar sobre vários temas, sugere-se a utilização do recurso "quebra de página" para separá-los, de modo que o artigo não seja visto todo de uma vez.
  • O comando para este recurso encontra-se na página de edição do artigo.

Como inserir textos nos itens 'Avisos', 'Defesas&Seminários' e 'Eventos' do Menú Superior?

2ª Versão do SOMOS:

  • Nos itens 'Avisos', 'Defesas&Seminários' e 'Eventos' do Menú Superior podem ser registrados quaisquer textos, a critério da Coordenação.
  • O formato de cada item é de um artigo por texto [artigo é a designação genérica de um texto registrado no portal].
  • Procedimento:
    • efetuar o login como 'Editor';
    • para inserir um artigo, clicar sobre a opção 'Submeter artigo' no menú vertical à esquerda;
    • para editar um artigo, clicar sobre o correspondente ícone 'Editar Artigo';
    • inserir ou editar o texto;
    • nas opções constantes em "Publicando", selecionar a respectiva Categoria = 'Avisos', 'Defesas&Seminários' ou 'Eventos', conforme o caso; Estado = 'publicado'; Destaque = 'sim' (indicação para exibição na página inicial .
  • Se o texto for longo, sugere-se a utilização do recurso "quebra de página" para separá-los, de modo que o artigo não seja visto todo de uma vez.
  • O comando para este recurso encontra-se na página de edição do artigo.

1ª Versão do SOMOS:

  • Nos itens 'Avisos', 'Defesas&Seminários' e 'Eventos' do Menú Superior podem ser registrados quaisquer textos, a critério da Coordenação.
  • O formato de cada item é de um artigo por texto [artigo é a designação genérica de um texto registrado no portal].
  • Procedimento:
    • efetuar o login como 'Editor';
    • no Menú Superior, selecionar um dos itens 'Avisos', 'Defesas&Seminários' ou 'Eventos';
    • para inserir um artigo, clicar sobre a opção 'Submeter artigo' no menú vertical à esquerda;
    • para editar um artigo, clicar sobre o correspondente ícone 'Editar Artigo' [imagem de uma página com caneta da cor laranja];
    • inserir ou editar o texto;
    • nas opções constantes na parte inferior, verificar se seção = 'Mural'; categoria = 'Avisos', 'Defesas&Seminários' ou 'Eventos', conforme o caso; publicado = 'sim'; exibir na página inicial = 'sim'.
  • Se o texto for longo, sugere-se a utilização do recurso "quebra de página" para separá-los, de modo que o artigo não seja visto todo de uma vez.
  • O comando para este recurso encontra-se na página de edição do artigo.

Como exibir em várias páginas um texto no item de menu 'Organização'?

  • O recurso "Leia mais" só funciona em artigos publicados no formato em "blog layout", quando vários artigos são publicados na mesma página.
  • No caso do item 'Organização' do Menu Superior, o formato é de apenas UM artigo, não sendo um "blog layout" tal como são os itens 'Avisos, 'Defesas & Seminários' e 'Eventos'.
  • A diferença pode ser vista no portal-demo:
  • Sugere-se a utilização do recurso "quebra de página", de modo que o artigo não seja visto todo de uma vez.
  • O comando para este recurso encontra-se na página de edição do artigo.

Como fazer upload (carga) de um arquivo e publicá-lo?

A carga (upload) de arquivos é feito exclusivamente na seção Downloads.

  • efetuar o login como 'Editor';
  • selecionar Downloads / Enviar Arquivo;
  • no passo 1/3, escolher a forma de envio e selecionar "Seguinte>>";
  • no passo 2/3, escolher o arquivo e selecionar "Enviar>>";
  • no passo 2/3, escolher o arquivo e selecionar "Enviar>>";
  • no passo 3/3, atribuir um Título ao documento, selecionar a Categoria onde o documento deve ser exibido, fazer as demais especificações e uma descrição do arquivo, quando for o caso;
  • selecionar 'Aprovado = sim';
  • selecionar 'Publicar';
  • selecionar 'Salvar'.

Como registrar, num 'artigo', um link de acesso a um arquivo?

No texto de um 'artigo', é possível registrar links para arquivos carregados ou não no SOMOS.

  • efetuar o login como 'Editor';
  • selecionar Downloads e a categoria onde está o arquivo;
  • com o mouse sobre o título do arquivo, clicar sobre o botão direito e selecionar "Copiar localização do Link" (Copy Link Location);
  • selecionar o artigo de interesse e entrar no modo de 'Edição';
  • com o mouse, selecionar a palavra que deverá ser associada ao link;
  • selecionar o ícone "Inserir/Editar Link" (Insert/Edit Link) - dois eles de uma corrente;
  • no campo "Link URL", colar o link com a localização do arquivo;
  • no campo "Target", escolher se o arquivo deve ser aberto na mesma janela, sobrepondo-se ao texto, ou em outra janela.
  • selecionar "Inserir" (insert);
  • selecionar 'Salvar'.

Como excluir um artigo já publicado?

2ª Versão do SOMOS:

  • efetuar o login como 'Editor';
  • selecionar Documentos e a categoria onde está o arquivo;
  • selecionar o artigo de interesse;
  • acionar a função "Edição" no ícone "folha e caneta";
  • pressionar o botão a função "Apagar", logo acima, à direita.


1ª Versão do SOMOS:

  • efetuar o login como 'Editor';
  • selecionar Downloads e a categoria onde está o arquivo;
  • identificar o artigo de interesse;
  • selecionar a opção "despublicar" ou "deletar", conforme o caso;
  • selecionar "publicar" para exibição de arquivos 'despublicados'.

Obs.: Artigos 'despublicados' podem voltar a ser exibidos para download.

Como fazer upload (carga) de uma imagem e publicá-la?

A carga (upload) de imagens é feito exclusivamente na seção Submeter Artigo. A imagem é carregada na base de dados do SOMOS; em seguida, editada para publicação.

  • efetuar o login como 'Editor';
  • selecionar a opção "Submeter Artigo";
  • selecionar a opção "Imagem" [abaixo do quadro de edição de texto];
  • buscar o arquivo da imagem (browser);
  • acionar "Iniciar Envio" para carregar a imagem;
  • selecionar a imagem carregada;
  • acionar a opção "Inserir" [canto superior direito];
  • proceder à edição da imagem [acionar ícone insert/edit image - quarto, da direita para a esquerda];
  • proceder à edição do texto, se desejado;
  • selecionar a Seção e a Categoria;
  • selecionar 'Publicar';
  • selecionar 'Salvar'.

Como registrar, num 'artigo', um link de acesso a uma imagem e publicá-la?

O registro de links para imagens é feito exclusivamente na seção Submeter Artigo. A imagem não é carregada na base de dados do SOMOS mas deve estar permanentemente disponível num depósito externo; após feito o registro do link, a imagem pode ser editada para publicação.

2ª Versão do SOMOS:

  • efetuar o login como 'Editor';
  • selecionar a opção "Submeter Artigo";
  • acionar a aba "Imagens e Atalhos";
  • proceder ao registro do link e à edição da imagem;
  • proceder à edição do texto, se desejado;
  • selecionar a Categoria na aba "Publicando";
  • selecionar 'Salvar'.


1ª Versão do SOMOS:

  • efetuar o login como 'Editor';
  • selecionar a opção "Submeter Artigo";
  • acionar ícone insert/edit image - quarto, da direita para a esquerda;
  • proceder ao registro do link e à edição da imagem;
  • proceder à edição do texto, se desejado;
  • selecionar a Seção e a Categoria;
  • selecionar 'Publicar';
  • selecionar 'Salvar'.


^ Topo

SoluçãoATRIO & Plataforma Sucupira: aspectos comparativos

Transferência de Dados

A implantação da função de exportação de dados da BaseATRIO para a Plataforma Sucupira será feita tão logo a CAPES divulgue as especificações técnicas do seu processo de importação.

Veja: Coleta CAPES

Distintas Concepções e Propostas de Trabalho

Na Plataforma Sucupira vários sistemas/aplicativos da CAPES foram postos sob uma mesma base tecnológica, essencialmente cada um deles mantendo-se tal qual anteriormente. Isto é, NÃO há inovações sobre os conteúdos destes sistemas/aplicações. Por esta razão, tem-se, agora, a Coleta de Dados na Plataforma Sucupira; o SAC na Plataforma Sucupira etc.. A grande inovação introduzida diz respeito à melhoria dos trâmites processuais entre a CAPES e as Coordenações de Programa e os consultores no que tange à visitas, solicitações e outras interações.

A proposta conceitual e operacional da SoluçãoATRIO continua mais abrangente, na medida em que possibilita uma gestão ampla e integrada do Programa, com informações que não são disponíveis em qualquer dos aplicativos que passam a integrar a Plataforma Sucupira, além das várias funções [visões e recortes das informações, relatórios e declarações etc..] de auxílio à realização das atividades cotidianas de sua Coordenação e Secretaria.

A concepção da Coleta de Dados na Plataforma Sucupira objetiva essencialmente a obtenção de informações para avaliação dos processos [por exemplo, tempo de titulação e relação entre teses&dissertações e produção intelectual] e dos resultados [por exemplo, número de titulados e de itens de produção intelectual] dos Programas. A SoluçãoATRIO propõe-se a auxiliar o gerenciamento dos processos que levam àqueles resultados.

Diferenças conceituais e operacionais

a] a SoluçãoATRIO possibilita a construção e o registro da história/memória do Programa. Por exemplo, no ATRIO podem ser registradas TODAS as teses&dissertações defendidas no Programa, desde seu início, com seus autores, orientadores, bancas examinadoras e possibilidade de divulgação de seus textos completos. O mesmo ocorre para as áreas de concentração, linhas de pesquisa, projetos, publicações, disciplinas, seus alunos e notas, e outras informações relevantes para uma apreciação da evolução do Programa desde a sua implantação. Não há esta possibilidade na Plataforma Sucupira.

b] a SoluçãoATRIO oferece a possibilidade de uma gestão integral das atividades fins do Programa, com informações detalhadas sobre as atividades de cada discente [opções curriculares, disciplinas e respectivos desempenhos e frequência, bolsas, orientadores etc..]; de cada docente [disciplinas, orientações, projetos, produção intelectual etc..]; de cada projeto e de cada orientação que conduza a tese ou dissertação. Não há esta possibilidade na Plataforma Sucupira.

c] a SoluçãoATRIO oferece a possibilidade de inscrição on-line em disciplinas pelos próprios discentes; o registro dos respectivos aproveitamentos e freqüências pelos próprios docentes; acompanhamento de auxílios e requisitos para docentes e discentes; emissão do Resumo de Atividades Curriculares e de diversas declarações para discentes e de participação em banca de teses&dissertações para os examinadores. Não há esta possibilidade na Plataforma Sucupira.

d] a SoluçãoATRIO calcula um amplo conjunto de indicadores relacionados a todo o Programa e a cada docente, além daqueles utilizados na avaliação CAPES, inclusive com saídas na forma de gráficos, e possibilita o registro de índices de publicações [fator h, índice de citações de artigos e de revistas] para anos ou períodos determinados, permitindo uma efetiva apreciação das atividades do Programa e de seus resultados, em relação às suas expectativas. Não há esta possibilidade na Plataforma Sucupira.

e] através do SOMOS [portal do Programa], a SoluçãoATRIO viabiliza a ampla divulgação do Programa [organização, atividades, resultados, notícias, eventos etc..], permanentemente atualizados mediante registros feitos na BaseATRIO, sem necessidade de reiterados trabalhos de renovação da informação de sua página web. Não há esta possibilidade na Plataforma Sucupira.

f] a Biblioteca Digital da SoluçãoATRIO oferece a possibilidade de divulgação imediata e arquivamento de documentos e da íntegra de todas as teses&dissertações defendidas no Programa, suas produção intelectual, projetos, disciplinas etc.. Esta possibilidade é parcial, na Plataforma Sucupira.

g] a SoluçãoATRIO é multiusuário - o trabalho de digitação de dados pode ser ordenado e distribuído entre os seus usuários, reduzindo a carga sobre apenas um usuário. O acesso à Plataforma Sucupira é monousuário, exclusivamente do Coordenador do Programa.

h] a SoluçãoATRIO oferece possibilidade de exportação e importação - com vinculação à projeto, linha de pesquisa e área de concentração - de registros para e do CVLattes, inclusive dos discentes do Programa. Estas funções podem ser operadas por docentes e discentes, pela Secretaria e pela Coordenação do Programa. Na Plataforma Sucupira, esta possibilidade é parcial – não há exportação para o CVLattes nem importação do CVLattes de discentes.

i] a SoluçãoATRIO dispõe de um conjunto de funções que auxiliam a manutenção da consistência da base de dados – tais como "erros e avisos", identificação e possibilidade de junção de referências e publicações duplicadas. Não há esta possibilidade na Plataforma Sucupira.

j] a SoluçãoATRIO está em constante evolução a partir de demandas das coordenações de Programas de PG, o que aproxima o seu conceito e aspectos operacionais das reais necessidades destas, não se limitando a coletar dados a partir de uma visão externa, quase exclusivamente voltada à avaliação trienal dos Programas.

^ Topo

Geral

O ATRIO é customizável?

A Solução Atrio foi projetada para ser universal e de uso geral. Daí o baixo custo de sua assinatura.

Classificamos as demandas recebidas em três categorias:

1] universais aquelas sugeridas por nossos assinantes que entendemos possam ser universalizadas e, uma vez desenvolvidas, são imediatamente colocadas à disposição de todos os assinantes, sem que estes tenham que arcar com qualquer custo adicional.

2] evolutivas aquelas que, por força de ofício, nós mesmos "provocamos" em função de nossa atividade e a atenção aos rumos que tomam a Pós-Graduação (Stricto e Lato Sensu), Pesquisa e Extensão. Estas novas funcionalidades também são incorporadas, e colocadas à disposição de todos os assinantes, sem qualquer custo adicional para estes.

3] específicas (ad hoc) sobre estas incidem custos para o desenvolvimento e, dependendo do impacto na hospedagem e manutenção, podem também incidir custos na assinatura.

Acreditamos que a Solução Atrio possui maturidade suficiente para apresentar soluções que, via de regra, atendem à operacionalidade das Secretarias e à Gestão da Coordenação. Não nos furtamos a implementar especificidades, porém, antes de orçarmos o desenvolvimento, por honestidade profissional, buscamos apresentar as funcionalidades equivalentes que já estejam disponíveis e contempladas na assinatura.

Ferramentas pessoais